sábado, 18 de julho de 2009

Da série: Nomes zicados- Marquinhos


Infelizmente não é apenas jogadores com o nome de Índio que não dão certo no Palmeiras, outro nome que parece zicado no clube é o de Marquinhos. Um Marquinhos atualmente pode mudar essa história e deixar boas recordações para nós, mas até o momento o bom baiano está sendo um decepção como os outros dois Marquinhos que tenho lembranças.
Além deste Marquinhos, me recordo de dois outros jogadores com este nome que jogaram no Palmeiras (provavelmente existem outros/ parece que teve um tal de Marquinhos Paranaense em 1988). Teve o Marquinhos meia que veio do Flamengo em 1996 ou 97 e o Marquinhos lateral-esquerdo que veio do Goiás em 2003. Na minha opinião ambos com passagens pífias pelo clube.
Nesse post vou dar um destaque ao Marquinhos que veio do Flamengo em 96. Confesso que nunca vi nada demais neste jogador que até tinha alguma habilidade, porém nada demais. Mas por algum motivo que não sei qual era, a Parmalat era apaixonada por ele. A empresa tentou contratá-lo umas 4 ou 5 vezes antes de conseguir a transação. Achava que era um interesse exagerado por um cara razoável (obs: essa é a minha opinião, talvez o cara arrebentava com a camisa do Flamengo e eu não acompanhava direito). Foi igual a um tal de Dedimar que era uma obcessão da Parmalat e não fez nada por aqui.
No primeiro semestre de 1997 o Marquinhos foi titular em boa parte dos jogos. até deve ter feito algumas boas partidas, mas com seu estilo de não se impôr jamais ele conseguiria agradar a exigente torcida esmeraldina. De bom dele eu guardo um gol feito contra o Coritiba na Copa do Brasil de 97 no Couto Pereira (jogo transmitido pelo SBT, uma pressão danada do Coritiba e um chute forte de fora da área do Marquinhos que nos garantiu uma vitória simples no jogo de ida).
Após a eliminação em um quadrangular vergonhoso no Paulista e na semifinal da Copa do Brasil contra os urubus, o Marquinhos perdeu espaço com a chegada do Felipão (e também do Alex) e foi sendo deixado de lado pelo clube. Não me lembro se o Marquinhos chegou a jogar muito com o Felipão na campanha do vice-campeonato do Campeonato Brasileiro de 1997.
Graças a Deus temos um jogador chamado Marcos que compensa todos os Marquinhos que tivemos!!!!!!

4 comentários:

  1. Lembro muito bem dessa pressão do Coritiba no jogo de ida. Foi um baita sufoco. Ai no jogo de volta no Palestra, o Coritiba fez 1x0 logo no comecinho do jogo! Eu fiquei puto, pensando "po, do que adiantou se matar pra segurar o 1x0 lá em Curitiba se os caras já estão ganhando aqui?" Mas na sequencia o Palmeiras empatou e virou. No final o coxa ainda fez mais um com um "tal" de Alex (Rs). Placars final: Palmeiras 4x1 Coritiba. E na semana seguinte, o tal Alex foi contratado pelo Palmeiras. Graças a Deus, eles jamias figurará neste blog, afinal é feito só para pernetas!

    Quanto ao Marquinhos... ele era nota 6 no Flamengo. Não comprometia. Aqui não fez nada. O Marquinhos que veio do Goiás em 2003 era muito , muito mais tenebroso!!

    Abs Fábio

    ResponderExcluir
  2. Placar final foi 4x2! Corrigindo...

    ResponderExcluir
  3. O Marquinhos, na verdade foi envolvido na troca com o Mancuso. Ele chegou no início de 96. Ele teve poucos oportunidades e aí foi emprestado pro Juventude. Voltou em 97, fez algumas boas partidas, mas nunca se firmou.

    ResponderExcluir
  4. Na final do Brasileirão de 97, ele saiu do banco e, obviamente, não resolveu nossos problemas.

    ResponderExcluir