quinta-feira, 8 de abril de 2010

Palmeiras 1992- Quando éramos (ou seríamos) Reis

Admito que roubei descaradamente essa foto do site Palestrinos (http://palestrinos.sites.uol.com.br/). Peço desculpas ao dono do site, mas essa foto é sensacional. (Acho que) Trata-se do primeiro elenco do Palmeiras após a parceria com a Parmalat em 1992. Quem clicar na foto poderá vê-la em tamanho maior.
Como o foco do blog é tratar de casos "alternativos", vamos nos concentrar nos participantes da foto que devem odiar a Parmalat após perderem qualquer chance de espaço no Palmeiras:
Willian: Alguém sabe quem é?
Márcio: O atacante de 50 jogos e 3 gols com a camisa do Palmeiras. Já foi retratado no blog;
Biro: lateral-esquerdo, acho que sempre foi reserva no clube;
Betinho: Um dos meus ídolos em 1991, mas era limitado;
Carlos: goleiro pé-quente, deve ter sido afastado por motivos digamos "supersticiosos"...hehehe;
Nelsinho Baptista: Sai assombração!!!!
Alexandre Rosa: outro jogador já homenageado aqui;
Amaral: Alguém sabe quem é?
Paulo Sérgio: atacante, até me lembro de alguns jogos dele com a camisa do Palmeiras (especialmente no Rio- São Paulo de 1993 logo após o título paulista, em que metade do time estava na seleção);
Daniel: Não é craque, mas merece menção honrosa. Teve uma participação muito importante no título paulista de 1993 (inclusive na final)! Depois de sair do Palmeiras só me lembro de uma passagem dele pelo Atlético-MG;
Marques: lateral-direito, já retratado no blog (tinha colocado erroneamente que ele era atacante);
Edu Marangon: eu gostava do boy da Mooca, mas não me lembro de nenhuma grande partida dele com a camisa do Palmeiras;
Cade o Evair na foto? Ele estava machucado? Já estava afastado? Na minha opinião, tirando o Evair, o único jogador digno de destaque desse elenco é o Cesar Sampaio (e o Marcos no futuro).
Obrigado e perdão pelo meu pequeno "furto" ao site Palestrinos!
-----------------------------------------
Uma consideração: acabei de ler o livro "Coadjuvantes" do palmeirense Gustavo Piqueira. O livro é uma história sensacional sobre seus momentos apaixonados de torcedor com enfoque no período de 1976 a 1993 (em que tantos patetas vestiram o manto alviverde).
Vale muito a pena ler esse livro. São muitas histórias engraçadas de jogadores alviverdes que erravam passes de 2 metros.
O foco do livro é parecido com o deste blog, mas infelizmente o livro foi lançado em 2006 muito antes do blog, então não posso processá-lo por plágio...
Como o pobre Gustavo sofreu tanto com aquele período "mágico" da década de 80 (e deve estar sofrendo nos dias atuais), vou dar uma força a ele...hehehe: Quem quiser pode comprar o livro no site Submarino: http://www.submarino.com.br/produto/1/1798646/?franq=102414&utm_source=buscape&utm_medium=cpc&utm_campaign=bp
PS: Não recebi nenhuma contribuição financeira pela indicação, mas ainda está em tempo de mudar essa situação...hehehe

22 comentários:

  1. Fabio axo q vc nao se ligou q o amaral da foto eh o msm Amaral q anos mais tarde viria a ser idolo da torcida. Um cara q poderia estar nessa relaçao seria o galeano. Ele foi dispensado logo depois de firmada a parceria, perambulou por uns times, mas depois voltou e acabou até virando nosso "idolo", por assim dizer. Curioso tb foi ver o marcos nessa foto, axo q ele tinha acabado de subir pros profissionais.
    Parabéns pela raridade. Teu blog ta cada dia mais foda

    ResponderExcluir
  2. Ops! Foi mal ai Fabio. Quem nao olhou direito a foto fui eu. Nao era aquele Amaral. Eu disse aquilo pq axava q ele ja fazia parte do elenco principal antes de firmada a parceria. Na verdade ele deve ter se profissionalizado no segundo semestre daquele ano.
    PS: tb nao faço a menor ideia de quem e esse Amaral da foto

    ResponderExcluir
  3. caramba! essa foto eu nunca tinha visto hehehe... sobre o biro que aparece nela eu lembro de um jogo pela copa joao havelange de 2000 que ele atuou como titular, foi contra a ponte em campinas num trágico 5x1 pros cara hehehe... eu estava nesse jogo, ele foi expulso com menos de 10 minutos de jogo e fudeu com o time (na época ainda me lembro que ele nem fazia parte do elenco principal, tinha voltado de um emprestimo coisa assim e estava treinando separado, mas devido a vários desfalques foi pra esse jogo do nada). olha o link http://www.youtube.com/watch?v=Kgm1OL17dWk
    e ano passado ele jogou pelo Palmeiras no brasileiro de showboll também hehe.
    e muito bacana esse livro que vc indicou cara... sinceramente não conhecia e nunca tinha sequer ouvido falar sobre esse livro, mas com certeza vou comprar pra ler!!

    ResponderExcluir
  4. Olha o Dorival Júnior ali no canto esquerdo, e o "futuro" São Marcos cabeludo xD

    E outra, o tal "Tonhão" no canto esquerdo lá em cima, é a cara do Ricky(Martim)-charlyson

    ResponderExcluir
  5. John, tb acho que o Amaral tava subindo para os profissionais naquela época. Uma das nossas raras pratas da casa naqueles bons tempos. Com releção ao Galeano, me lembro que ele foi até herói de um título brasileiro da Série B pelo Juventude em 93 ou 94 antes de voltar ao Palmeiras. O cara realmente deu a volta por cima.
    Fernando, putz me lembro desse jogo contra a Ponte em 2000. Alguém desenterrou o Biro e naquela q poderia ser sua grande chance (passou ao vivo na TV), o coitado foi expulso logo no primeiro tempo e acho que nunca mais jogou com nossa camisa. Futebol é cruel!!! hehehe
    Chaves, o Dorival q era somente Júnior na época eu até achava um bom jogador. Agora quanto ao Tonhão, alguém sabe se ele foi revelado no Palmeiras ou veio de outro time?

    ResponderExcluir
  6. E ai pessoal tudo certo?Esse time foi o primeiro a vestir a camisa do Palmeiras na era Parmalat, acho que o Luis Henrique foi o primeiro contratado pela empresa veio do Bahia e jogou na seleção, quanto a esse Willian ele era lateral direito e jogava no time de aspirantes,com a entrada da Parmalat o Galeano foi pro Juventude como ja foi citado,o Paulo Sérgio foi o autor do primeiro gol com a camisa da era Parmalat contra o Cruzeiro,o Dida que veio na inesquecivel troca DidaxDenis, RibamarxNeto ainda ficou no time na final contra os bambis jogou, e o Daniel Frasson tambem passou pelo Juventus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renato, o meia Luís Henrique veio no início de 92, alguns meses antes da parceria. Na época, foi uma contratação bombastica que custou 1 Milhão de Dólares.

      Excluir
  7. O Luis Henrique que veio do Bahia, foi contratado por 1 milhão de dinheiros da época, mas foi bem antes da Parmalat entrar. Acho que ele chegou em 1991.

    ResponderExcluir
  8. O Paulo Sérgio fez o primeiro gol do Palmeiras com a nova camisa listrada. Foi num jogo contra o Cruzeiro, ganhamos de 1 x 0.

    ResponderExcluir
  9. Esse vídeo retrata bem a equipe montada pelo Marco Aurélio. Péssima!

    Quanto ao Galeano, após aquele gol de cabeça (ajoelhado no chão) na semi da Libertadores de 2000 contra o Corinthians, ele merecia um busto ao lado daquele do Ademir da Guia no Palestra. Com esse gol, o Palmeiras levou a partida para as penalidades. Decisão que ficou marcada pelo nosso maior ídolo defender a cobrança decisiva do maior ídolo deles... Daí a importância do Galeano!

    ResponderExcluir
  10. Mudando de assunto, acho que ontem foi o pior jogo do Palmeiras que já assisti.
    Jogos esquecíveis: Vasco 0 x o Palmeiras (Campeonato Brasileiro 2010)

    ResponderExcluir
  11. Impagável este post !!
    Mas foi o inicio do fim da fila, graças a Deus!!!
    Abração
    LFMassola
    Blog "Tifosi Palestra"

    ResponderExcluir
  12. Gostaria de compartilhar meus vídeos sobre a Despedida do Palestra Itália

    1# Tudo sobre a despedida do Palestra Itália
    http://www.youtube.com/watch?v=4KvSOuZTOlA

    2# Festa linda no Palestra Itália - Despedida
    (torcida com as faixas de plástico no estádio inteiro, cantando Festa no Chiqueiro)
    http://www.youtube.com/watch?v=_JvAp5KmsK8

    Fiquem a vonts para divulgá-los aí como quiserem! Espero que a galera curta a minha humilde montagem hehe

    valeu!

    ResponderExcluir
  13. paulo sergio foi o primeiro jogador a marcar gol com a camisa parmalat, jogava muito teve uma grave contusão, depois nunca mais foi o mesmo!era ponta esquerda no inicio,depois atuou até na lateral esquerda!

    ResponderExcluir
  14. Quem era o camisa 8 desse time? Alguém lembra?

    ResponderExcluir
  15. o terceiro da esq p/ dir nõa é o Willam e sim Cesar mendes o willam na verdade eo o que esta como amaral ....

    Eduardo Rib.Preto/Sp

    ResponderExcluir
  16. O Evair foi afastado um pouco antes junto com o zagueiro Andrei que foi dispensado, ainda com o goleiro Ivan e o atacante Jorginho (o técnico da Lusa hoje).

    A questão foi que o Jorginho e o Ivan estavam à espera de um clube e aparecem na foto mas não voltaram a jogar pelo Palmeiras.

    A briga do Nelsinho com Evair foi feia e ele acabou ficando até sem treinar no clube, voltando apenas em Setembro/92 quando chegou Otacílio Gonçalves.

    Abraço

    ResponderExcluir
  17. Realmente ninguem conhece o jogador Amaral(atacante ex-Ituano),ficou pouco tempo no Palmeiras,porque foi negociado com um Time japones chamado FC.TOKYO..onde jogou 12 anos se tornando REI DE TOKYO...Se querem mais informacao procurem no youtube ou gogle...Nao e o Amaral (volante)que atuou pela selecao brasileira

    ResponderExcluir
  18. Amigão só pra confirmar, vc tem certeza que o terceiro homem em pé da esquerda pra direita é o willian, acho que o nome dele é Augusto Cesar Guerra Mendes, se vc puder me responder agradeço.

    ResponderExcluir
  19. Amiogo, o Edu Marangon honrou o Manto Palestrino! Chegou em 1991 junto com Cesar Sampaio e Evair, e fizeram um Paulistão irrepreensível! Mas, um regulamento "mágico" da federação paulista de futebol, fez com que o SP, mesmo voltando da segunda divisão, ficasse no nosso grupo no quadrangular semi-final, onde disputamos com "elas", Guarani e Botafogo de Ribeirão uma vaga na final (a outra vaga foi decidida em outro quadrangular, com corintia, Portuguesa, Inter de Limeira e Stº André). Ao término do quadrangular, com jogos de ida e volta dentro dos grupos, o Palmeiras terminou empatado com os bambis em pontos, com uma vitória a mais e mesmo saldo de gols, mas como os bambis fizeram a melhor campanha na primeira fase (no grupo que deveria ser a segunda divisão, ou sejam enfrentou times bem mais fracos), "elas" foram à final e o Verdão não. Nessa competição Edu foi o destaque, a torcida adorava ele, mas quando começou a parceria com a Parmalat, ele foi dispensado, e vimos uma onda de protestos da torcida, que incluiu muitas pichações nos muros do Palestra Itália, xingando tudo e todos, pois não se sabia porque Edu foi dispensado! Tivesse ficado, com certeza faria parte da galeria dos grandes ídolos do Palmeiras nos anos 90.

    ResponderExcluir